Como Ficamos Doentes ?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

 
como ficamos doentes
Quer saber como ficamos doentes ? Leia esse artigo até o final !

Já comentamos aqui que todos somos capazes de materializar doenças no corpo físico. E também afirmamos que, da mesma forma que temos a capacidade de somatizar as doenças temos também como curar esses males. 

Vamos ver como isso funciona: (Não focaremos aqui em termos religiosos de nenhuma espécie, já que o auto conhecimento pode e deve ser buscado por todos os seres, independente de suas convicções religiosas. Procuraremos focar aqui apenas no INDIVÍDUO e suas formas de interação.)

Vamos partir do princípio de que matéria é energia condensada, que nós somos matéria e vibramos energia, entendemos que tudo é composto por átomos.

Esses átomos podem ser trocados e, por isso, devemos entender que é natural do ser humano compartilhar energias entre seres vivos e inanimados, no caso, os espaços e tudo que nele existe.

Na nossa rotina diária participamos de diversas interações sociais. O trabalho, nossa casa, a academia, os locais de lazer, a escola, enfim sempre que interagimos com outras pessoas estamos trocando ENERGIA (marquem muito bem essa palavra, porque será muito usada aqui).

Num planeta com bilhões de habitantes, é natural que existam diversos tipos de pensamentos.

Existem as pessoas mais otimistas, as completamente pessimistas, as mais ou menos, aquelas que sempre estão pensando em coisas boas e as que não conseguem deixar de pensar em coisas ruins.

Conforme o padrão de nossos pensamentos marcamos nosso campo energético de determinadas formas.

As pessoas que têm hábitos de bons pensamentos, geralmente transmitem para as outras pessoas energias boas, ao passo que as pessoas que têm hábitos de pensamentos não muito bons conseguem transmitir uma energia de padrão inferior.

O que isso tem haver com as dores de cabeça, a vontade de sumir para sempre do mundo e tudo mais ?

O fato é que quando interagimos com as outras pessoas acabamos assimilando muito do campo energético dela e ela também assimila o nosso campo energético.

Já aconteceu de você abraçar alguém e sentir-se completamente renovado(a) ?

E, acontece de ter algumas pessoas com as quais você se relaciona e que simplesmente não gosta de abraçar ? Não gosta de ter um contato mais estreito ?

É porque temos em nosso campo energético a capacidade de “sentir” a energia do outro. Conseguimos perceber se uma pessoa tem energias boas ou não.

A interação de duas pessoas com energias de padrão elevado causa bem estar a ambas, enquanto que numa troca entre pessoas de energias muito diferentes pode acontecer da energia da pessoa com padrão mais elevado “equilibrar” a energia da outra com padrão mais denso.

Com toda essa troca, acontece de assimilarmos padrões energéticos inferiores e o acúmulo deles em nosso corpo físico começa a gerar adensamentos de energia negativa e dependendo de onde se formam causam dores, inchaços, indisposição, sono excessivo e outros males físicos.

É por isso que muitas vezes exames clínicos não acusam nenhuma doença, apesar de seus sintomas. Porém se continuarmos expostos às energias negativas sem nos protegermos ou nos limparmos, é certo que logo teremos uma doença diagnosticável.

Da mesma forma que nossos pensamentos ditam o nosso padrão energético, a forma como lidamos com nossas emoções, problemas, perdas, tristezas, também nos ajuda a somatizar doenças no corpo físico.

Distúrbios como gastrite, problemas no fígado, cálculos biliares, enxaquecas crônicas, alergias, depressão e tantas outras estão intimamente ligadas à forma como lidamos com nossas emoções.

Alguns casos ficam tão crônicos e endurecidos que podem virar tumores. É… conseguimos somatizar câncer em nosso corpo físico.

A medicina convencional trata apenas os sintomas das doenças, geralmente com remédios, e algumas pessoas ficam escravas de medicações para o resto da vida.

Atualmente já existem médicos que aceitam a psicossomática (doenças que se originam em questões emocionais), mas ainda são poucos.

É possível curar doenças já existentes com a mudança no padrão mental e também com técnicas que dissolvem as energias pesadas de mágoas, ressentimentos, violências, e toda a sorte de males que podem se acumular ao longo da vida de cada indivíduo.

Você toma algum remédio que terá que tomar para sempre ?

Tem algum diagnóstico de doença que ainda não entendeu como se instalou em você ?

Sabia que mesmo em doenças ditas “genéticas” (que passam de pai para filho) é possível evitar ter a doença ?

No próximo artigo vamos mostrar algumas coisas super fáceis que podem ser feitas para melhorar o seu padrão energético e também o da sua casa, ou ambiente de trabalho.

Lembre-se Sempre: VOCÊ TEM PODER !!!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Ebook Gratuito "5 Coisas Para Fazer Agora e Melhorar Sua Energia"

Helena Bochiski

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *