Como melhorar a auto estima, se você estiver desempregado

33 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 4 Pin It Share 6 LinkedIn 23 33 Flares ×

como-melhorar-a-autoestimaTodas as pessoas que trabalham de carteira assinada, tem medo de serem dispensadas do emprego. E, nos tempos de hoje com a crise do país e também com a nova lei de contratação prestes a ser homologada, é possível perceber a mudança vigente para as novas vagas que surgem.

Algumas empresas já estão contratando funcionários para novos cargos no regime autônomo, ou seja, o empregado não terá realmente um vínculo empregatício com direito aos benefícios de praxe, mas será um prestador de serviços, emissor de nota fiscal.

Com toda essa mudança vemos cada vez mais pessoas desempregadas. E, em decorrência do desemprego, existem muitos indivíduos com problemas sérios de baixa auto estima.

É preciso ter algumas maneiras de como melhorar a auto estima para não cair em depressão e precisar usar remédios químicos para melhorar.

Desemprego, uma das causas da baixa auto estima

As causas do desemprego são inúmeras, e seguindo os preceitos da lei, as empresas pagam as verbas rescisórias, fornecem os formulários para entrada no seguro desemprego e, só. Não existe um acompanhamento psicológico para a pessoa que acabou de ficar sem seu modo de fazer dinheiro.

Não existe um programa governamental que auxilie psicologicamente as pessoas que perderam seus empregos, elas veem-se sozinhas, perdidas, sem saber muito bem como dar o próximo passo com segurança.

As pessoas que dependem exclusivamente de seus salários, logo saem à procura de nova colocação no mercado, porém quando essa recolocação demora muito e as pessoas vão se vendo sem recursos financeiros, a mente começa a trabalhar insatisfação, criando sentimentos de culpa por estar sem emprego, gerando situações de baixa auto estima e às vezes até depressão.

É comum vermos pais de família que acabam se entregando à bebida ou à jogatina como formas de aliviar o estresse e terminam se afundando ainda mais, financeiramente, criando situações de vício.

Não existe culpa, apenas um desafio a vencer

Com todo esse quadro de dificuldade financeira, falta de emprego, vícios, estresse e toda sorte de infortúnios é preciso ajudar nossa mente e não focar nas coisas negativas, é necessário, literalmente, enganar nossos pensamentos para conseguirmos virar a situação a nosso favor.

Como fazer isso ? Fazendo uma reprogramação mental focada em pensamentos positivos que levarão à pessoa a um estado de auto aceitação e valorização de si mesma.

Quem acompanha o blog sabe que o tema central é usar o poder do pensamento focado na prosperidade financeira. Existem várias situações na vida que nos deixam para baixo, mas nada tem maior poder de nos arrasar do que a falta de dinheiro.

Vivemos em um mundo capitalista onde, para termos uma vida satisfatória, precisamos ter dinheiro. Nas menores situações os reais são necessários, e quando eles não entram em nossa vida como precisamos, o sentimento de impotência cresce e evolui rapidamente para um quadro de culpa e insatisfação.

como-melhorar-a-autoestima-2

Fuja da nuvem de tristeza e abatimento e, aprenda como melhorar a auto estima

A primeira coisa que pode ser feita para ajudar a não ficar com baixa auto estima por conta de estar sem emprego é: NÃO diga que está desempregado. Para os familiares mais próximos não tem jeito, mas para os amigos casuais ou pessoas que você encontra ocasionalmente não use a expressão “desempregado”, diga que está sem colocação fixa temporariamente.

Nossa mente trabalha com palavras e ações, quando dizemos a outra pessoa que estamos desempregados, criamos uma aura de desolação e piedade, baixando automaticamente o campo vibratório das energias à nossa volta.

Quando você diz para um amigo “estou desempregado” ele logo sente pena ou desespero por sua situação “terrível” e desencadeia inconscientemente vibrações de energia negativa ou de pena.  Isso não ajuda em nada a focar no pensamento positivo de abundância e prosperidade.

Então, sempre que você encontrar-se com os amigos, ao invés de ficar colocando a culpa na crise, no ex-patrão que te demitiu ou sua falta de sorte, faça o contrário, diga que está tudo caminhando para uma nova ocupação e que você está sentindo-se muito bem. Foque apenas em proferir palavras positivas.

Fazendo isso você sustenta a energia positiva perto de você e ela te ajudará a ver a situação de ângulos diferentes, fazendo com que tenha pensamentos efetivos de ação para resolver a situação.

Saia dos pensamentos de revolta e esqueça a auto piedade

Em todas as situações da vida, temos apenas dois caminhos a seguir: o de eternas vítimas das circunstâncias ou o de donos do nosso destino.

Quando você decide que pode vencer uma situação difícil da sua vida, já andou mais da metade do caminho em direção à solução que o levará à vitória e ao aprendizado adquirido com a dificuldade.

Porém, para as pessoas que decidem ser eternas vítimas das circunstâncias, que passam a vida inteira reclamando de uma má experiência, as chances de terem essas experiências repetidas várias vezes na vida são muito grandes.

Você não quer ficar sem dinheiro para sempre não é mesmo ?

Então, esqueça os pensamentos de revolta. Não fique falando mal do seu ex-patrão porque te demitiu, pense que sem querer, ele te fez algo bom, porque agora você poderá até pensar em ter um negócio seu ou fazer alguma coisa que goste mais.

Aproveite bem o novo tempo livre até conseguir uma nova colocação, não alimente pensamentos de revolta, não pense em vinganças tolas que não levarão a lugar nenhum. Atraia com seus pensamentos situações de novas experiências gratificantes para sua vida.

como-melhorar-a-autoestima-3Sonhe sempre muito alto

Uma das coisas que ajuda muito na construção de uma auto estima elevada e brilhante é alimentar os sonhos. Isso mesmo. Ocupe sua mente com as coisas que você deseja realizar na sua vida, e não se preocupe em ser ambicioso, aqui quanto mais alto for o sonho melhor.

Imagine-se tendo uma vida de abundância em todos os sentidos, agradeça todas as coisas que você já tem, mesmo que lhe pareçam poucas ou insatisfatórias, converse consigo mesmo, ouça sua consciência, dê atenção à sua intuição, ela tem conselhos poderosos para transmitir.

Se você deseja se recolocar no mercado de trabalho, imagine exatamente como quer que seja seu novo local de trabalho, pegue um papel e desenhe sua imaginação. Como será sua mesa de trabalho, o local onde será seu novo emprego, imagine relacionando-se com as pessoas de forma saudável e feliz.

Colocando-se em um padrão de pensamentos positivos, você não será atingido por nuvens de energia negativa, nem sentirá pena de si mesmo, não se sentirá mais culpado pela situação, acabará entendendo de forma definitiva o momento que está passando e as coisas logo mudarão a seu favor.

Se sentir dificuldade de sair do padrão de energias negativas, faça algumas aplicações de EFT para ajudar a liberar os padrões mais pesados, aplique quantas vezes for necessário, pois não há contra indicações.

Aprenda com as situações desagradáveis

Nossa vida está cheia de ciclos de aprendizagem. O que é isso ? São as situações que se repetem sem nos darmos conta. Quando vemos, estamos vivendo um determinado tipo de situação novamente.

Preste atenção em sua vida. Você sempre atrai o mesmo tipo de companheiro(a) ? Ou, as situações que te deixam sem dinheiro estão sempre se repetindo ? Seus chefes sempre têm as mesmas características desagradáveis e, por isso você acha que eles são todos iguais ?

Você já parou, alguma vez, para pensar porque sempre vive um determinado tipo de situação ? Acha que a vida é dura ou pensa que o cara lá de cima te odeia ? Não. Simplesmente você atrai para sua vida as coisas em que foca mais o pensamento.

Infelizmente temos a tendência de focar o pensamento nas nossas experiências negativas. Se alguém te pedir para dizer 5 qualidades suas você pensará um tempo, mas conseguirá facilmente destacar 5 defeitos.

Na mídia as notícias de catástrofes e corrupção chamam mais a atenção do que aquelas que falam de coisas mais amenas, as revistas “VEJA” que mais venderam foram as que tinham as capas mais terríveis (O ataque de 11 de setembro e o massacre de Columbine).

Nossa mente está acostumada a se voltar para o negativo, é por isso que experimentamos várias vezes situações desagradáveis ao longo da nossa existência. O melhor jeito de quebrar os ciclos de aprendizagem é assimilando a “lição”     que está sendo vivenciada.

Tire proveito da situação desagradável para aprender mais sobre você mesmo. Ficar sem ter como fazer seu dinheiro perturba quanto você ? Faça-se essa pergunta, o quanto você fica incomodado quando não tem condições de fazer o dinheiro que precisa para viver de forma satisfatória ?

Quando entender o real motivo do porque ficou temporariamente sem poder fazer o dinheiro que precisa, terá assimilado essa dificuldade e ela nunca mais se repetirá. Dessa forma você passará para um novo nível de aprendizado sobre você mesmo e sobre sua vida.

Para ajuda-lo ainda mais com seu processo de “positivação” de pensamentos, assista, no youtube, o vídeo da Terapeuta Cacilda Alves, onde ela faz um trabalho de limpeza para eliminação dos medos que ajudará a melhorar sua auto estima.

Se você gostou desse artigo e acha que ele poderá servir para outras pessoas, compartilhe nas mídias sociais. Curta nossa página no facebook e deixe seu comentário abaixo, será um prazer falar com você.

Lembre-se sempre: VOCÊ TEM PODER !

33 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 4 Pin It Share 6 LinkedIn 23 33 Flares ×

Ebook Gratuito "5 Coisas Para Fazer Agora e Melhorar Sua Energia"

Helena Bochiski

Website:

9 Comentários

  1. Thiago Alves

    O seu artigo é muito claro e focado no combate às forças ocultas que nossa mente pode atrair.
    Nunca havia lido algo parecido e tão útil nos tempos modernos. O ser humano deve poder privilegiar esses tipos de artigo, para que sendo melhor possa criticar seu entorno e seus obstáculos sem se deixar afetar por vieses da mídia cotidiana, que critica indiscriminadamente.
    Parabéns!

    • Helena Bochiski

      Olá Thiago !
      Obrigada pelo seu comentário. Sim, ultimamente vemos todos os dias, pessoas perdendo seus empregos e ficando sem saber o que fazer. Sem pensamentos positivos e de esperança a chance de ter depressão é muito grande. Infelizmente, nossa sociedade não lida muito bem com o que é “diferente”, ou seja, estar empregado é o que todos esperam e acabam reagindo de forma hostil ou sensível quando alguém não tem um emprego fixo. Livrar-se da impressão negativa das pessoas quanto a isso, é um passo importante para manter a energia elevada e não sofrer “ataques” de pensamentos nocivos, tristes e de derrota.

  2. Renato Sousa da Silva

    Recentemente fiquei desempregado e desde o momento que a mim fui procurei ter sido forte, demonstrar a família e filhos, amigos e colegas auto – estima. As vezes a mente através de pensamentos nos deixa pra baixo,e onde devemos procurar ajuda, ler artigos e blogs como este. Parabéns, obrigado 30% eu ja estava em prática, os outros 70% irão…

    • Helena Bochiski

      Olá Renato ! Obrigada pelo seu comentário. Realmente, quando perdemos o emprego acabamos ficando muito vulneráveis ao meio que nos rodeia. Principalmente se formos responsáveis pelo sustento da família. Acabamos nos sentindo culpados por termos perdido a fonte do bem estar de outras pessoas, e isso faz apenas com que fiquemos ainda mais desanimados e com baixa auto estima. Por isso, é importante manter sempre o pensamento focado em coisas boas, para atrair sempre o melhor para sua vida, inclusive a chance de um novo emprego ainda melhor que o anterior. Muita luz, paz e Sucesso !

    • Helena Bochiski

      Olá Fernanda !
      Obrigada pelo seu comentário e participação. Fique de olho que logo teremos um novo artigo falando tudo sobre Lei da Atração e como usá-la a nosso favor !
      Muita luz e paz
      Helena

  3. Pingback: Como vencer o medo com o poder da mente | Mente para o sucesso

  4. Pingback: Como aumentar a auto estima usando o espelho | Mente para o sucesso

  5. Artur

    Muito bacana seus comentários Helena! É por ai mesmo pessoal não abaixe a cabeça por, pesquisem se informem, e fujam das pessoas negativas. Tive experiencia própria em deixar de fazer coisas como vendas, e deixei para traz o que gostava muito, pretendo retomar a atividade. Saudações

Deixe uma resposta para Artur Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *